Revitalização Cultural e Turística

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo vem realizando um importante trabalho voltado para o resgate cultural de do nosso município. Com quase 300 anos de idade, Minas Novas possui muitas características que a coloca como uma das cidades mais importantes de Minas Gerais, contudo, nos últimos anos, toda essa riqueza cultural vinha sendo tratada com total descaso e abandono.

Uma das primeiras ações da Secretaria na nova gestão, foi recolocar Minas Novas no Circuito Turístico das Pedras Preciosas, o primeiro passo importante para o recebimento de incentivos fiscais voltados para a valorização e preservação Cultural.

A principal forma de incentivo fiscal é pelo ICMS Patrimônio Cultural, um programa de incentivo à preservação do patrimônio cultural do Estado, por meio de repasse de recursos para os municípios que preservam seu patrimônio e  suas referências culturais através de políticas públicas relevantes. O programa estimula as ações de salvaguarda dos bens protegidos pelos municípios por meio do fortalecimento dos setores responsáveis pelo patrimônio das cidades e de seus respectivos conselhos em uma ação conjunta com as comunidades locais.

Cuidar de nosso Patrimônio Cultural é o que a Secretaria de Cultura em Turismo mais tem feito nesses 8 meses de administração. Um grande exemplo ação está na realização das obras de Reforma do Sobradão. Interditado a aproximadamente 4 anos, nosso maior símbolo cultural vinha despertando grande preocupação por parte da comunidade. Mesmo com uma ação Civil Pública, na qual desde 2016, obrigava o IPHAN a realizar a referida reforma, a obra era adiada constantemente, várias foram as datas marcadas para sua iniciação sem que ela ocorresse de fato. Com o empenho do Prefeito Aécio Guedes, do Secretário Zito Neiva, que realizaram viagens a Brasília e Belo Horizonte, reuniões com a Sra. Kátia Borgéa (presidente do IPHAN), as obras foram de fato iniciadas.

Outro grande marco na valorização do Patrimônio Cultural de Minas Novas está na recuperação dos Documentos Históricos do Município. Encontrados em um amontoado de sacolas, sujeitos a destruição por traças e mofo, documentos que dissertam sobre a história de Minas Novas desde 1730, corriam o risco de se perder por completo. Neste sentido, em parceria com o Professor Doutor Ângelo Carrara, da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora), iniciou-se o processo de tratamento dos documentos históricos, que serão digitalizados e, em breve, estarão disponíveis para consulta, exposição e visitação.

Apenas com as ações realizadas nesses 8 meses, Minas Novas saltou de uma pontuação zerada para 4,79 no ICMS Cultural.

O trabalho não para por ai, existem ainda muitos desafios a serem enfrentados, com muito trabalho e empenho, Minas Novas vem recebendo o devido tratamento que é merecedora.

Acompanhe o trabalho da Prefeitura de Minas Novas pelo site, redes sociais e rádio.